domingo, 2 de maio de 2010

Tarde de Outono

por Flávia Fernandes


Caminho tranqüila pelas ruas movimentadas e observo um céu azul anil com algumas nuvens que parecem de algodão. Elas se misturam desenhando formas e encobrindo o azul celestial, anunciando que em poucas horas teremos chuva.

Uma brisa agradavelmente suave, para um dia quente e as folhas que caem das árvores formam tapetes verdes nas calçadas e nas ruas, mostrando o outono e, com ele a beleza das flores e do verde das folhas.

Avisto um casal de namorados apaixonado, refugiando-se embaixo de uma árvore. Lugar perfeito pra quem está vivendo o amor em sua plenitude. Do alto da árvore, as folhas caem sobre suas cabeças, como que por abençoar a união feliz, na estação do amor.

Num andar térreo de um prédio, apoiado na janela, um cachorrinho observa o movimento das ruas e aproveita a brisa para se refrescar do dia quente.

Na praça, um artista toca “Jesus, Alegria dos Homens” em sua harpa e agradece umas poucas moedas recebidas dos passantes e esta se torna a trilha sonora da tarde linda de um dia comum de outono.

Respiro fundo pra encher os pulmões de ar fresco e ando devagar pra poder usufruir a bela tarde e o cenário lindo que a dança das folhas promove nas ruas, transformando, como que por encanto, as ruas em um tapete de folhas naturais.

A tarde se vai e o vento carrega consigo as folhas, fazendo-as mudar de lugar, mas registrando nos olhos mais atentos a bela paisagem que só a natureza pode nos oferecer.

Lá no horizonte, o céu com cores que se misturam entre o azul e o laranja, com o sol anunciando que, em poucas horas, irá se por para despertar em outro lugar.

Mais um dia que finda, uma noite que chega, uma lua maravilhosa no céu e uma brisa refrescante. Mais um dia de outono que se vai, trazendo a lembrança de um amor especial e mostrando que, nesses dias mais bonitos é que a distância se faz mais presente e o coração pulsa mais forte e chora de saudade, mas se lembra com carinho de quem, mesmo distante, está sempre muito presente.


Este texto faz parte da blogagem coletiva do mês de abril do Espaço Aberto

56 comentários:

angela disse...

Lindo texto, suave como um dia de outono.
beijos

Ana Lúcia Porto disse...

Querida Flávia,

Dá para imaginar cada cena de seu texto. E eu lhe digo é muito gostoso, transmite paz, creio que é porque há amor nele...

Flávia, na época em que o "Vou de Coletivo" terminou, o Murilo Hildebrando de Abreu (fui procurar o nome dele em meu blog) explicou que não estava conseguindo conciliar o seu tempo e que por tal razão, para não nos deixar ao léu, dizendo que não poderia nos dar a devida atenção, preferiu dar um fim nele. Enfim, é o que eu sei, por parte da explicação dele mesmo. Sim, ele deixou esse recado no próprio Blog do "Vou de...".

Mas agora, tá aí..., tem essa nova blogagem coletiva, do Espaço Aberto. Vamos nessa, que tal...?! Pelo que entendi, eles estão aceitando até a data do sorteio de um livro, ou seja, até o dia 04 ou 05, não sei ao certo. PORTANTO, acrescente "Blogagem do Espaço Aberto", nesse seu post e os comuniquem de sua participação...

Vamos Flávia...!!

Beijos e boa semana,

Flávia disse...

Oi Angela, obrigada!
A linda tarde me inspirou mesmo...
Um beijo pra vc e boa semana!

Flávia disse...

Ana Lúcia, muito obrigada!
Foi tudo tão lindo mesmo que, por alguns instantes, fiz questão de esquecer que isso se passou em plena região central de SP. Quem diria, né?
Sim, como você disse, tem amor nele e onde tem amor, tem paz!!

Nossa que bacana saber disso!! Fico triste pelo Vou de Coletivo, mas feliz por termos outro blog abrindo espaço pra isso.
Foi pura coincidência escrever sobre o mesmo tema. Certamente irei lá, pra tentar encaixar o meu também, entre os demais.

Obrigada pela dica, querida.

Um beijo pra você e uma semana abençoada!

Rejane disse...

A gente ler o seu texto e parece que está dentro dele, está ali, naquela tarde, exatamente como a ilustração sugere e como vc consegue transmitir. Suavidade, uma certa melancolia, mas uma paz verdadeira, singular. parabéns querida. Deixo aqui o link do meu. Não tenho lá grandes pretensões quanto a ele e no início entro mais para viver essa experiência que parece ser muito bacana. Com o tempo, quem sabe? Um cheiro, Rejane
http://orealimaginado.blogspot.com/

@rjmaria

Espaço Aberto disse...

Oi Flávia!
É com enorme prazer que recebemos a sua participação na Coletiva.
Ficamos admirados de ver como o Outono mexeu com a emoção de todos os participantes.
Vou colocar o link de seu blog lá para que possam vir conhecer o seu blog.
Obrigada por estar conosco nesse projeto.

Um abraço carinhoso

Carla Almeida disse...

Lindo texto Frô. Tá fera nisso já. Bjs.

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola!! Gostei do texto e do espaço, parabéns pela participação coletiva!!
Um abraço!!

Mari Amorim disse...

Olá querida!
que delicia de texto,que belo lugar
Se vc puder leia o meu texto em
http://sempretensoesamorcontos&causos.blogspot.com/

Flávia disse...

Rejane querida, acho que o outono faz isso com a gente, né? Entendeu porque eu a chamo de estação do amor? Tudo fica muito mais leve, mais bonito e romantizado. Sei lá. é assim que eu vejo! rsrs
Já estou te seguindo, viu?
Obrigada pelas palavras.
Um beijo!

Deia disse...

"Mais um dia de outono que se vai", e com esse último parágrafo termino de ler todos os blogs que se uniram para montar essa blogagem coletiva (da qual também faço parte). Que descanso para os olhos e a cabeça terminar tal desafio lendo e "vendo" seu outono tão relaxante. Como uma tarde de Outono deveria sempre ser... Um grande beijo, que bom conhecê-la,e vamos nos vendo por aqui! Carinhosamente, Deia

Flávia disse...

Queridos do Espaço Aberto!
Que alegria imensa poder participar com meu singelo texto.
De fato o outono é uma estação privilegiada e por isso vimos tantas coisas boas à respeito da estação da beleza e do amor!
Agradeço por terem me dado a oportunidade de participar também. Adorei o espaço e já estou aderindo. Se possível, participarei sempre.

Um beijo carinhoso a vocês que nos deram essa oportunidade, inclusive, de fazer novas amizades.

Flávia disse...

Frô, obrigada!!
Diria que estava inspirada!
Também, não é pra menos, né? hahaha
Beijo, lindona!

Flávia disse...

Olá querido Poeta Mauro!
Muito obrigada pela visitinha e pelo elogio.
Ainda sou um pouco tímida, afinal, sou blogueira recente, mas de vez em quando, pintam bons textos! rs
Obrigada mesmo!
Um beijo pra vc!

Flávia disse...

Oi querida Mari!!!
Que alegria poder ver tantos visitantes e tantos bons comentários... confesso que não esperava e fiquei muito feliz!
Vou correndo lá no seu espaço pra ler seu texto também. Adoro ler!
Obrigada por vir me visitar e pelo recadinho carinhoso, viu?
Um beijo pra vc

Flávia disse...

Oi Deia, que linda!
Muito obrigada pelas palavras tão delicadas.
Também estou tendo esse desafio de visitar todos os blogs e ler o outono de cada um de nós!
Certamente passarei pelo seu!
Muito bom conhecê-la também. Espero que ainda possamos ler muito os textos uma da outra.
Um beijo pra você e até breve - eu, visitando seu cantinho!

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Flávia,

Estou feliz de saber que você está FELIZ... Eu já sabia que não poderia ser diferente. Então, bom outono para nós... Hehe...!!

Beijos grandes, com carinho,

Flávia disse...

Ana Lúcia, bom outono pra nós!!
Que seja cheio de amor, bastante romântico e com muito carinho! ;)

Beijo pra você!

Chica disse...

Que lindo!Me vi caminhando ,pisoteando as folhas caídas e escutando o barulhinho delas sob meuspés.Linda participação!beijos,chica

Espaço Aberto disse...

Você que participou da nossa 1ª Postagem Coletiva, não pode perder a entrevista com a nossa amiga Vivian.

Conheça também o vencedor do Sorteio do Livro de Poesias!

Muitas surpresas ainda estão por vir em nosso Espaço Aberto!

Contamos com você!

Manu disse...

Olá Flávia! Cada um com sua sensibilidade e forma de escrever deu numa blogagem muito interessante. Obrigado pela visita e pelo comentário. Beijos lusos

Canduxa disse...

Flávia,

Que bonito ficou o seu texto.

Foi linda esta forma de nos conhecermos e de partilharmos a nossa visão do Outono.

beijinhos

Flávia disse...

Oi Chica!
Acho que a primeira coisa que imaginamos neste cenário é o barulhinho das folhas secas, ao serem pisadas, né? Impressionante como isso nos vem à mente. Acho que é porque todos gostamos de pisar nas folhas secas.
Muito obrigada pela visitinha.
Um grande beijo pra você!

Flávia disse...

Oi Manu!
Pois é, deu numa linda blogagem! Cada texto maravilhoso, deu vontade de participar de todos os cenários, não é mesmo? Foi minha experiência mais bacana desde que me tornei blogueira, há um ano.
Estou feliz pela oportunidade das novas amizades.
Um beijo pra você e obrigada pela visita.

Flávia disse...

Oi Canduxa, muito obrigada!
Realmente, foi linda a forma de nos conhecermos, ainda mais no outono, uma estação tão bela!!!
Obrigada pela visita!
Um beijinho carinhoso pra você.

serpai disse...

Olá Flávia!

Parabéns!

Que lindo texto!

E, olha, para quem ama não há distâncias..., porque o amor nos faz voar nas asas do pensamento...

Eu também participei e adorei...

Me encantaria saber o que te pareceu o meu Outono...

Sergio (Argentina).

Carol Lina disse...

Se o meu outono a fez refletir, o seu outono me encheu de saudades. A foto é linda, parabéns pela escolha! Tenho paixão por essas árvores! Um dia terei uma dessa no meu jardim para que ela espalhe por lá o outono!
Seu post e o nome do blog me fizeram suspirar. Quando era adolescente, tive um amor platônico que tocava violão e minha lembrança mais forte dele era uma cena em que ele cantava "eu queria ter na vida simplesmente um lugar de mato verde pra plantar e pra colher"... heheh
Um abraço 'outonal' e saudoso!

Tatiana disse...

Oi Flávia...
Que bom ver tantas pessoas vindo aqui apreciar a riqueza de seu texto.
Quando passei por aqui com o blog do Espaço Aberto e li o seu texto. Eu pensei...Ela não pode ficar de fora! (rsrss) Corri e coloquei o seu link.
Espero que nas próximas Coletivas estejamos juntas novamente!

Obrigada por sua visita ao meu blog.

Um beijo carinhoso

Felina Mulher disse...

Olá Flávia, linda a tua participação da blogagem coletiva do Espaço Aberto.

Agradeço tua simpatica visita em meu blog, sigo-te e deixo aqui tbm o meu convite....volte mais vezes.


Um beijo.

José disse...

Olá Flávia,
vim agradecer sua visita, e mais comentário, e dizer-lhe que também gostei das cores do seu Outono, será sempre uma honra recebe-la lá no canto do Zé.

deixo os meus cumprimentos
José.

Rosana disse...

Oi Flávia linda, obrigada pelo carinho da sua visita.... de fato amar é sempre muito bom, ainda que não aceitem nosso amor... beijos no seu coração! Volte sempre que quiser.


Rosana Morena!

Jacinta Dantas disse...

Oi Flávia,
também gostei do seu texto. Romântico, bonito...
E, pra mim, Outono vem falar de respiração, de tempo para se renovar.
Grande abraço

Pedrasnuas disse...

UM OUTONO PRENHE DE POESIA...UM OUTONO QUE ENCHE-TE DE SAUDADES...E ISSO É BOM...PROVA QUE EXISTE ALGUÉM LIGADO A TI POR LAÇOS DE AFECTO...

BEIJOS

Flávia disse...

Olá Sérgio!
Muito obrigada pelas palavras carinhosas! E eu estava receosa de postar esse texto, achando que tinha ficado ruim... rs

É verdade, o amor tem poder de tudo dentro da gente, não é?

Um beijo pra você!

Flávia disse...

Oi Carol, muito obrigada!
Essa foto estava nos meus arquivos há mais de um ano e eu não encontrava nada pra usar, até o dia de publicar o texto!!
Também tenho paixão por esse tipo de árvores, que é bem colorida, que muda as cores das folhas conforme as estações e que as espalham no chão, no outono.
Puxa, que história mais bacana!
Confesso que o nome do blog é sim, por causa da música e também porque um amor da adolescência também adorava tocá-la pra mim, no violão, tendo a lua por testemunha. Nossa voltei muito no tempo agora! rsrs
Adorei te conhecer, viu?
Um beijo pra você!

Flávia disse...

Oi Tatiana, que delícia saber disso! Não tinha idéia de que seria dessa forma, até porque, foi como eu disse, foi pura coincidência, pois eu não conhecia o Espaço Aberto!
Acho que nunca tinha tido tantas visitas em meu blog! rsrs
Certamente, irei participar sempre que possível e vai ser bom conhecer mais gente a cada dia! ;)
Um beijo carinhoso e obrigada pela oportunidade.

Flávia disse...

Olá Felina, muito obrigada!
Certamente voltarei muitas vezes pra ler seus textos e aprender um pouco mais também.
Um beijo pra você!

Flávia disse...

Olá José, eu que agradeço sua atenção.
Gostei muito do seu texto e seria injusto não deixar um comentário, né?
Esteja certo de que irei muitas vezes te ler...
Um beijo pra você

Flávia disse...

Oi Rosana querida, eu que agradeço o carinho....
Acho que o amor, por sí só, já nos faz um bem danado. Sem dúvida que, quando correspondido é melhor ainda!
Voltarei mais vezes, com certeza!
Um beijo pra você

Flávia disse...

Oi Jacinta, muito obrigada!
O outono é isso mesmo, né? Sábio, romântico, inspirador.
Um beijo

Flávia disse...

Olá Pedrasnuas, obrigada pela visita!
Pois é, um Outono que me faz sentir mais viva e com mais amor dentro de mim.
Um beijo pra você!

Andreia disse...

Olá Flávia,
texto singelo e encantador!
Descrevestes um cenário tão lindo,
que deu vontade de andar por entre as flores e sentir o cheiro do orvalho de manhã!
Parabéns pela tão linda participação.
Obrigada pela visita encantadora e carinhosas palavras.
Terno beijo na alma...

Flávia disse...

Oi Andreia, muito obrigada pelo carinho, querida!
Realmente o cenário daquela tarde era lindo e inspirador. Só lamento que não havia ar puro, já que estava próximo ao centro da cidade de SP, mas ainda assim, o cenário era encantador.
Um beijo carinhoso pra você e o desejo de um ótimo fim de semana

Marliborges disse...

Flávia, que lindo teu outono!!! Que descrição perfeita!!! Mulher, adorei, tu escreve bem demais!!!! Beijo grande.

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Flávia...estou atrasado na visita aqui, mais ainda dentro do outono...rs
Ainda bem que a Tatiana colheu suas folhas e colocou em nosso canteiro...
Ando enrolado com tantas coisas e idéias, mas ao mesmo tempo com uma primavera renascendo dentro da alma.
Participar do Espaço Aberto está sendo muito gratificante e não só para mim, mas para todos como pude observar aqui.
Cairam folhas vindas de toda a blogosfera, isso é qu ´legal, pena que ando enrolado...rs
Parabéns pelo poema e pela participação ao 48 do segundo tempo...
Obrigado pelas palavras lá no Verseiro...
Um abraço na alma...bjo

Flávia disse...

Marli, minha flor de maio!!
Muito obrigada pelas palavras carinhosas!
Confesso que muitas vezes eu acho meus textos "pobrinhos" e me queixo o fato de não ter escrito melhor, principalmente quando leio textos maravilhosos pela blogosfera.
Sou extremamente crítica comigo mesma, mas acho que isso só ajuda a melhorar cada dia mais, não é?
Obrigada pelos elogios e pela visita. Estou te seguindo e agora lerei seus textos com mais freqüência!
Um beijo pra você e bom fim de semana

Flávia disse...

Oi Elcio, não se preocupe... nunca é tarde pra fazer uma visitinha aos amigos, não é?
Pois é, fiquei muito feliz que ela tenha me dado essa oportunidade, foi muito proveitoso e pude conhecer muitas pessoas bacanas.
Meu blog só tem um ano e eu sou bastante tímida ainda, com poucos amigos, mas agora acho que chegou a hora de me soltar e trocar conhecimentos com pessoas mais experientes.
De fato, o Espaço Aberto proporcionou uma alegria muito grande a todos e nos enriqueceu com belos textos. Que venham muitas outras e nos deixem cada dia mais felizes e enturmados, certo?
Quanto a estar enrolado, não tem problema; entre um descanso e outro, recebemos com prazer a sua visita.
Um beijo pra você e um ótimo fim de semana.

Pedrasnuas disse...

O OUTONO HÁ-DE CHEGAR CÁ...MAS PRIMEIRO ESPERAMOS O CALOR DO VERÃO.

ESTAMOS EM ESTAÇÕES DÍSPARES...EU FICO DO OUTRO LADO DO PLANETA...

BEIJO

EDER RIBEIRO disse...

Seu outono é demasiadamente apaixonante, por isso tem a cara da estação, suave, meigo, daqueles que pode ser curtido com um bom fondue de chocolate. Bjos.

Vivi disse...

Lindo texto Flá! Leitura deliciosa...
Bjs

Alê Quites disse...

Belo texto.
BeijOS

Espaço Aberto disse...

Olá Flávia!
Passando numa rápida visita para dizer que nosso blog está com uma nova postagem.
Desta vez estamos com dica sobre filme.
Tenha uma ótima semana!
Um abraço carinhoso

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Flávia,

Bom final de semana para você...

Beijos,

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Flávia sumida...!!

Beijos e boa semana, ainda...

PS: Está chegando o dia da nova blogagem, dia 27, fique atenta. Dê um pulo no "Espaço Aberto", que o tema já foi divulgado. Até...

Ana Lúcia Porto disse...

NÃO PRECISA PUBLICAR... OU MELHOR, PODE APAGAR, SE QUISER.

Oi Flávia,

Puxa!!, que bom que está estudando... Sei muito bem que estudar sozinha precisa de um ânimo grande, de muita força de vontade. E como sei...!!

Já parou para pensar que seria uma boa se você prestasse um concurso daqueles fáceis (é fácil sim, precisa tão somente ter calma, zero de ansiedade = prá isso, é só prestar por prestar, mas se preparando para saber de tudo), como Oficial de Justiça, Escrevente de Promotoria = Ministério Público (esse é legal!! E dá para passar em todas as provas, estando tranquila e PREPARADA). BASTA comprar as apostilas específicas. Dessas que vendem até na Praça da Sé-SP.

Flávia, pois se a grana está curta, pense. E se passar e trabalhar, esse trabalho não vai lhe impedir de se dedicar aos estudos que deseja. "ALIÁS, PODE ESTUDAR, SE PREPARAR PARA ESSES CONCURSOS, JUNTO COM QUALQUER OUTRO ESTUDO, DIFERENTE... Vai por mim.
Preste para esses concursos: banco, fórum, prefeitura etc... Para todos esses, basta estudar pelas respectivas apostilas. Sim, existe QI, mas ficar pensando no diz que diz sobre QI, é atraso de vida. A verdade é quem estiver preparado passa.

Pense, ao menos, nessa minha sugestão...

Beijos,

Alexandre disse...

***
Oi, é o velho Tchê, da comunidade do Lula. Venha para nossa comu de debates, Flávia. Queremos gente com essa clareza e sensibilidade para discutir os temas relativos à maior instituição popular brasileira.
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=102337327