domingo, 25 de abril de 2010

Aniversário do meu "Lugar de Mato Verde"

por Flávia Fernandes

Hoje é um dia muito especial: é o dia de comemorar o primeiro ano da existência do blog "Um Lugar de Mato Verde".

No dia 25/04/2009, depois de passar vários meses pensando se deveria ou não publicar aquilo que eu já vinha escrevendo, mas me recusando a aceitar que seria bom compartilhar com o mundo, resolvi que seria uma boa saber o que as outras pessoas achavam. Se eu iria agradar, se conseguiria escrever mais vezes, se teria disciplina pra isso, enfim... resolvi arriscar pra ver no que ia dar e lancei, finalmente, um espaço pra compartilhar tudo com outros escritores que poderiam ler e até dar pitacos em meus textos.

Confesso que tive um pouco de medo, de receio no início, mas depois entendi que estamos livres pra nos expressar da forma como desejamos e, se não agradarmos a uns, certamente agradaremos a outros. Simples assim!

Tenho consciência de que, nesse um ano de existência, foram poucos os textos que publiquei. Uns ainda mantenho guardados e pensando se devo ou não compartilhar, mas isso, o tempo dirá. De qualquer forma, fui fiel e leal a mim mesma, publicando apenas os textos de minha autoria. No máximo, algumas citações de onde saíram as idéias que nasceram tais textos, mas todos eles, foram criados por mim, ou ditados por uma força maior - acredito muito nisso!! - que me auxiliou naqueles que escrevi.

Foi uma experiência incrível. Aqui nesse mundo virtual, pude conhecer outras pessoas, ganhei novos amigos, me expressei de forma que outros me entendessem ou até se identificassem com meus textos.

Aqui eu ri muito, com textos divertidos e muito inteligentes. Chorei com textos emocionantes e também com comentários de amigos que fizeram-me companhia em cada novo post, mostrando que, embora muito crítica comigo mesma, estou trilhando o caminho certo.

Estou muito feliz de poder comemorar, mais uma grande alegria, que é este aniversário do blog, com um sabor super especial, devido aos últimos acontecimentos da minha vida.

Agradeço aos amigos que me lêem sempre, que deixam comentários me incentivando a continuar e ofereço um pedacinho desse blog, como se fosse um espaço de mato, no campo, na natureza onde encontramos equilíbrio e paz, pela data tão importante que é esse aniversário de um ano.

Que venham muitos outros anos e que, a cada um, novos amigos possam estar junto, comemorando e compartilhando alegrias, esperanças ou até mesmo as inevitáveis dores.

Obrigada, de coração, por fazerem parte da minha vida e por estarem comigo, em todos os grandes momentos que se transformam em textos.

Espero que curtam a comemoração junto comigo, mais uma vez e que muitos outros anos venham pra que possamos festejar juntos!

Um beijo no coração de cada um de vocês!
Flávia



Quer conhecer o texto de inauguração do blog? Clique aqui



6 comentários:

Ana Lúcia Porto disse...

Oi FLÁVIA...!!

Que foto convidativa!! Que lugar de mato verde bom demais...!!

Querida, saiba que seguir o seu coração é o que de fato importa. E é aqui, nessa blogosfera amiga que se pode postar o que se sente, o que se pensa. É aqui que os amigos lêem o seu interior. Legal mesmo!!

Quanto a possuir dúvidas no que postar, dê tempo ao tempo, sim. Deve respeitar-se. Mas não deixe de esquecer que se TUDO existe, NADA é novidade... Ademais, jamais somos capazes de garantir o que nos espera, ou melhor, o que espera por nós, lá adiante. Na verdade, esse prólogo é para lhe aliviar. Sei bem o que é expor a própria alma, acredite. É uma outra história. Mas só me fez bem. É um passo grande, na garra. Antecipa ou facilita o amadurecimento. Primeiro de tudo, tem que ser honesta consigo mesma, respeitando os seus sentimentos e depois, lançar-se sem pensar muito se terá estrutura para aguentar. Afinal, se teve para publicar honestamente, com certeza terá para aguentar algum tranco eventual, mesmo que possa demorar para lidar com ele. É sim, acredite, 2+2=4. Claro, não recuse ajuda se precisar, de pessoas que possam lhe ajudar.

Já disse demais, né...?! Desculpe por me exceder... Me entusiasmei, pois, como disse, já passei por isso, exposição profunda.


Enfim, PARABÉNS pelo aniversário de seu blog e que você o use muitos e muitos anos, fazendo amigos, sempre...!!

Siga o seu coração e tudo está certo, dessa forma, vai passar a notar que não importa se alguém diverge.

Beijos e boa semana...!!

Ana Lúcia Porto disse...

Bom, Flávia, resolvi ao memos lhe dizer que trata de um livro que eu publiquei em 1999. É todo pessoal, mas os meus sentimentos e dores, saíram feito um vulcão em erupção, tamanha a necessidade que eu senti em colocar tudo para fora. Tive os meus motivos. Agora, sou mais light em tudo que escrevo, inclusive.

Na verdade, contei, mas possuo comigo que essa história já parece não me pertencer mais de tão distante que ficou. É como se tivesse tornado uma outra realidade. É por aí...

Beijos,

Ana Lúcia Porto disse...

Pensando bem, percebo que talvez eu tenha me precipitado, pois ao acabar de ler (vi o clique depois de ter escrito) o texto sobre a inauguração de seu blog, deixou-me claro que sabe o caminho da liberdade que traz a felicidade... Fico feliz por isso.

Beijos,

Flávia disse...

Ana Lúcia, querida!

Que prazer tê-la aqui, como minha amiga e leitora, vindo fazer parte dessa comemoração - mais uma, né? rsrs

Puxa, fiquei feliz demais com seus comentários. Gostaria de poder conversar mais com você à respeito desse livro. Bem, você sabe, sou uma leitora compulsiva!

Sonho com o dia em que eu também venha a escrever um. Sei que não é fácil, tenho mil planos, mas não sei se conseguiria colocá-los em prática. Enfim, o tempo dirá sempre, né?

Eu preciso, muitas vezes, de estímulo pra escrever. Estando tanto tempo em casa, fica difícil ter assunto, mas ando me virando bem, deixando a emoção fluir e aproveitando o tempo livre pra escrever. Pena que nem sempre os textos são publicáveis.

Há dois textos que vieram depois de uma avalanche de emoções e sentimentos. Não têm nada demais, mas não defini se é uma boa publicar. Pensarei com carinho à respeito.

Bem, aqui o espaço é de todos e você pode sim, exceder-se à vontade. Escreva, pois isso me ajuda também!

Quanto ao texto de inauguração do blog, disse tudo sobre mim alí. Resolvi arriscar e entrei de cabeça. Quem não arrisca, não sabe o que é uma boa luta, então, como boa sagitariana, decidi me aventurar. Percebo hoje que fiz a escolha certa!

Obrigada por vir aqui me auxiliar.

Um beijo grande e tenha uma ótima semana.

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Flávia,

Fique tranqüila quanto a escrever, pois há outras atividades que talvez estejam lhe fazendo bem, também. Como aquela que comentou em ajudar os outros, por exemplo. Além do mais, passear um pouquinho que seja, também ajuda a por a mente em paz. Sim, como você mesma disse, deixe por conta do tempo. Escrever não precisa ser prioridade, mesmo.

Ademais, não há dúvidas que você está no caminho certo. É muito claro isso.

Beijos e boa semana,

Flávia disse...

Ana Lucia,

obrigada, de coração, pela força viu?
É sempre muito bom ler suas palavras que me encorajam a continuar seguindo o caminho.

De fato, o maior prazer da minha vida é quando posso fazer algo em benefício de alguém que necessite. Meu coração se enche de paz e isso, com certeza, auxilia até na criatividade.

Vamos em frente!

Boa semana pra você também!

Beijos!