quarta-feira, 7 de abril de 2010

Encerrando Ciclos


por Flávia Fernandes


Há exatamente seis anos, em um 7 de abril de 2004, por incrível que pareça, também em uma quarta-feira e por volta deste mesmo horário (19h00) eu estava sentada no colo do meu namorado, no sofá de uma antiga sala, aos prantos, completamente sem chão, com um futuro totalmente incerto até para o dia seguinte e em minhas mãos o resultado de um exame em que acusava que eu estava com câncer.

Passei horas tentando assimilar o que estava de fato acontecendo e nesse horário, quando finalmente “caiu a ficha”, caiu também o meu mundo. Aquele era um cenário de tristeza, de medo e de incertezas.

Aos 31 anos, com um futuro imenso pela frente, me via diante de uma luta com um inimigo oculto em que o meu maior desafio era, sem dúvida, o tempo.

Enquanto chorava em seu colo, ele tentava me dizer palavras de coragem, de carinho e de fortalecimento, mas eu estava tão perdida e desorientada que pouco consegui ouvir, no entanto, em um determinado momento ele me disse algo que me chamaria a atenção e que, mais pra frente seriam primordiais pra batalha que estava apenas começando. Ele disse que, embora pequenina, dentro de mim havia uma grande mulher, corajosa, destemida, guerreira e que, certamente passaria como um trator por cima desse ‘cancerzinho’ e que nada, nem ninguém seria maior que eu daquele momento em diante. Ele conhecia minha garra e conhecia também a pessoa que estava ali no colo dele e sabia que eu não entregaria os pontos jamais. Disse também que, com a cirurgia eu tiraria do meu peito, não apenas um tumor, mas também todas as coisas ruins que havia dentro dele, como mágoa, revolta, rancor, tristeza e tantos outros sentimentos negativos que teimavam em aparecer vez ou outra.

Foram 12 horas de choro, de angústia, de medo e de incertezas. Esgotada e cheia de medos, adormeci querendo que aquilo tudo não passasse de um pesadelo ou até mesmo de uma piada de extremo mau gosto. Infelizmente, quando o dia amanheceu, nada tinha mudado, a não ser o fato de que eu estava disposta a encarar como um leão todo e qualquer problema que viesse e, absolutamente nada me venceria enquanto eu estivesse na luta.

Uma semana depois fui até o centro onde freqüento e pedi auxílio aos meus queridos irmãos de luz. Naquele momento, o que eu mais necessitava era de equilíbrio. Muito mais do que isso, recebi o amparo que seria fundamental no período de luta que começava a minha vida. Ouvi que eu era muito mais forte do que realmente imaginava, que minha fé me mostraria que não há limites para vencer os obstáculos que pulam na nossa frente no decorrer da vida e que eu era como um bambu plantado em solo bom: enverga, mas não quebra jamais!

Primeiro veio a cirurgia pra retirada do tumor. Eu tinha pressa, queria me livrar daquilo logo e corri o quanto pude pra que tudo acontecesse em 4 semanas e, em 10 de maio meu dia se iniciaria dando entrada no hospital para a realização da cirurgia e o fim daquele pesadelo que estava vivendo dentro de mim e consumindo minhas energias de forma tão cruel, tão assustadora e tão absoluta.

Completamente leiga do assunto, desinformada e não querendo me precipitar em nada, achava que tudo havia acabado por alí e que a vida seguiria normalmente e seria essa, uma página virada na minha vida. O que eu não sabia é que só teria passado a primeira parte do problema, que muita luta ainda estaria por vir e então, a notícia tão bombástica quanto a primeira: era preciso fazer a tal quimioterapia.

Confesso que fiquei um pouco decepcionada com a notícia, pois meus planos eram outros, mas como tudo aquilo era pro meu bem, levantei a cabeça e enfrentei o que veio, sempre com muita fé, muito otimismo e com um sorriso no rosto pra mostrar que eu estava, de fato, muito bem.

O tratamento começou e com ele, todos os efeitos colaterais. Enjôo, perda de apetite, emagrecimento e a perda dos cabelos. Pode parecer estranho, mas a cada nova etapa, eu me lembrava das palavras do meu namorado, dizendo que tudo o que fosse de ruim seria jogado pra fora e me lembrava também que, embora tudo isso acontecendo, eu realmente estava forte como um bambu plantado em solo bom. Não caí e nem me permiti que isso acontecesse!

Não fosse pela pele quase cinza, pela ausência dos cabelos e pelo fato de estar magérrima, ninguém dizia que eu estava em pleno tratamento quimioterápico. Não sentia dó de mim, não perdi minha auto-estima e jamais permiti que as pessoas me vissem como alguém doente. Queria mostrar que era possível vencer e que qualquer pessoa que passe por isso pode também, vencer com tanta fé e com tanta determinação.

O tempo passou, o tratamento acabou e tudo voltou ao normal, como deveria ser, mas só uma coisa não voltou: a antiga Flávia! Aquela que adoeceu ficou lá no passado e uma nova e muito mais determinada mulher nasceu, cheia de coragem e de amor pela vida.

Me formei na faculdade, fui promovida no trabalho e comecei a trabalhar na casa espírita. Muitos projetos, muitos sonhos e um mundo totalmente novo pra ser desbravado por essa nova mulher que havia nascido. Iniciei alguns projetos sociais e hoje faço parte desse mundo acreditando que a solidariedade, o amor ao próximo, o desprendimento e a mão estendida aos mais necessitados são, de fato, alimento pra nossa alma.

Nesses 6 anos, alguns sustos nos exames de acompanhamento, pra mostrar que pra mim, a vida é completamente cheia de emoções. Foram muitos exames, muitas noites em claro, muita expectativa e, graças a Deus, muitas alegrias.

Hoje, a minha maior e mais esperada alegria aconteceu e eu não poderia deixar de compartilhar com todos os meus amigos queridos e meus familiares que estiveram comigo nessa luta tão grande. Fui ao consultório do meu médico e, após a análise de todos os exames, de uma análise clínica e até psicológica, saí de lá em êxtase com a notícia que há muito eu esperava: estou de alta!

Eu já sorri, já chorei, já cantei, já falei com dezenas de pessoas ao telefone, falei sozinha, dancei no meio da rua, rezei, agradeci a Deus, berrei de felicidade. Acredito que extravasei o grito que estava contido há dias, quando um diagnóstico suspeito nos deixou de alerta, mas que hoje tivemos a confirmação de que não passou de um susto.

Hoje um ciclo se encerra na minha vida e outros começam a se abrir pra que eu possa seguir adiante, com minhas metas e meus planos pra serem colocados em prática, sem o medo, mas com a certeza de que meu caminho está traçado em minha vida, por mim e por Deus, que me auxilia nos momentos mais difíceis.

Não imaginava que essa alegria contagiante, que transborda de dentro do peito aconteceria num dia como o de hoje, mas acho que foi uma forma de Deus me recompensar pelas horas tormentosas de 6 anos atrás, quando o futuro me parecia totalmente incerto. Há agora uma imensidão de vida na minha vida e eu estou pronta pra viver, pra ser feliz e pra cultivar outras novas sementes na minha vida e, tanto quanto tive urgência em vencer o câncer, tenho hoje urgência de viver minha vida com felicidade plena e absoluta e quero, sem dúvida nenhuma, meus amigos, minha família e meus amores por perto, cuidando sempre de todos e do lado espiritual, tão importante até hoje.

Só pretendo levar um pouco da minha história adiante, seja pessoalmente, seja por este blog, seja pelo meu site (Vida Sem Câncer), seja pela minha comunidade no Orkut. Não importa como, mas quero mostrar pra todos que é possível vencer, basta pra isso lutar e ter muito mais pressa que o câncer.


Vida, seja bem-vinda!



Quero deixar aqui os agradecimentos que não podem faltar em hora nenhuma: a Deus, à minha mãe, meu pai, meus irmãos e agregados, ao meu querido e amado ‘tio onco’, dr. Gelson, dr. Hézio que me acompanhou o tempo todo, à dra. Carmen que, como um anjo, salvou a minha vida, aos meus amigos de longe e de perto, os reais, os virtuais, os virtu-reais e os espirituais. Não vou citar nomes pra não ser injusta com ninguém, mas que sabem que esse agradecimento é pra cada um e em especial. Sintam-se beijados, abraçados e acariciados por mim, que de tão feliz, não estou me cabendo dentro!



Deixo aqui um vídeo muito lindo que minha amiga Nana fez, carinhosamente pra mim, em nome de alguns amigos do orkut. Lindo Nana, muito obrigada!!

37 comentários:

angela disse...

Fiquei feliz com a notícia, uma grande vitória. Agora a vida retoma em seu eixo e voc^^e sai desse girar em torno da doença. Sei que viveu pesadelos e também experiências humanas lindas, que a vida lhe seja mais leve.
beijos

Flávia disse...

Angela, que delícia chegar aqui e encontrar você, sempre tão atenciosa, deixando registrado seu carinho.
De fato, não foi uma experiência fácil, muito menos doce, no entanto só tenho coisas boas pra falar sobre isso, pois consegui fazer com que o que era ruim se transformasse em algo bom.
Ajudar pessoas que passam pelo problema é a maior prova de que não enxerguei isso como algo amargo, pelo contrário, transformei em algo bom e leve pra mostrar que é possível vencer.
Enfim, um novo ciclo inicia na minha vida e é nisso que pretendo focar, tendo planos e objetivos pra colocar em prática. Acredito sim, que a vida será cada vez mais leve daqui por diante.
Muito obrigada pelo carinho e pelas palavras de apoio.
Um grande beijo e que Deus a abençoe!

Beto Mafra disse...

Amor, choro novamente.
Já passou o alívio, o prazer de poder compartilhar um pouco dessa alegria(nela eu acredito) e depois festejar no mundo virtual o que nos cabia festejar.
Sua lição nos engrandece a todos e nos honram seu sorriso e sua força.
Obrigado.
Hoje me lembrei de ser feliz.
Sua culpa.

Lucia disse...

pqp, chorando feito boba... esse post vai ficar na história.

ah, que felicidade!!!
amiga, que força linda essa que vc tem! que puta lição de vida, de força, de bondade, de otimismo... que grande mulher vc é! que grande ser humano vc é!
vc está livre!!! livre pra ser feliz, livre pra fazer o que quiser... existe alegria maior?

espero que nesse seu novo ciclo a vida te sorria todos os dias. se assim for, ela só estará retribuindo o que vc dá ao mundo: esse seu lindo sorrisão que poucas pessoas são capazes de sorrir!

como somos felizes em ter vc!

te admiro tanto, tanto...

Nanamada disse...

Esse foi somente o primeiro dia feliz do resto de todos os milhares de dias,centenas de meses , dezenas de anos felizes que virão por ai!Tenho certeza!Amo tu!

Beijokas Flavita!

Carla Almeida disse...

Esta foi uma das melhores noticias dos últimos tempos. Nunca duvidei que você ficaria bem, até porque de fato você nunca esteve mal. Você sempre será minha amiga forte, determinada e linda que eu amo tanto. Parabéns minha amiga por esta vitória e parabéns principalmente por ter aproveitado esta etapa da sua vida tão bem, transformando-a em algo positivo para você e para o mundo (seus gestos alcançam lugares que nem podemos imaginar).
Estou sinceramente emocionada em ler seu texto porque divido com vc essa alegria.
Nova Vida, seja muito bem-vinda!
Bjs
Carla

Ved disse...

Sensacional!

Flávia disse...

Beto, meu amor!!
Minha alegria é poder estar junto daqueles que amo, que estiveram comigo esse tempo todo de luta e hoje podem estar comigo festejando.
Tô feliz por todas as surpresas boas que a vida me oferece. Sou mais feliz tendo vocês ao meu lado e mais ainda, comemorando essa vitória comigo.
Essa força vem das boas energias que recebo de vocês. Muito bom ter ouvido sua voz ontem e ter recebido tanto carinho.
Seja feliz todos os dias e vou adorar saber que sou culpada por isso!
Amo tu!
Beijo!!

Flávia disse...

Lu, foi você chorando daí e eu chorando daqui!! Fala sério, esse seu comentário fez as lágrimas rolarem novamente!

Sabe, essa força vem da alegria de viver, da felicidade por ter pessoas maravilhosas ao meu lado, torcendo e vibrando por mim o tempo todo. Sou tão mais feliz por isso!

Eu acho que a vida me sorri todos os dias, amiga, mesmo quando o sabor das coisas é amargo, ainda assim ela me sorri e me dá a oportunidade de aprender coisas novas e ainda me traz pessoas especiais pro meu convívio, como você, por exemplo!

Te amo, Lu. Obrigada por tudo mesmo!

Um beijo e que Deus te abençoe!

Flávia disse...

Nana, não tenho palavras pra te agradecer o carinho.

As mensagens de apoio nas horas difíceis, os torpedos encorajadores, os TF's pra me colocar pra cima, as madrugadas de companhia tão agradável e as muitas homenagens que você fez pra mim.

Tenha certeza de que colaborou pra essa comemoração ser muito mais feliz!

Obrigada amiga... amo tu!

Beijo!

Flávia disse...

Ca, tudo o que me acontece eu sempre digo que tem um sentido na vida. Uma delas foi ter te conhecido. Acho que Deus queria que nos conhecêssemos e deu um jeitinho disso acontecer!

Obrigada por estar na minha vida e compartilhar todos os momentos, por me ouvir, por me dar colo, por estender a mão.

Ontem quando te liguei pra contar a notícia, tinha certeza de que se emocionaria tanto quanto eu estava emocionada. Foi bom chorar de alegria com você.

Te falei outro dia no telefone e repito aqui: Amo você.

Beijo e bora viver a nova vida que ela tá cheia de coisas boas esperando pra serem vividas!

Flávia disse...

Ved, que bom que veio aqui também!

Obrigada pelo carinho. Aquele dia no msn eu estava muito chateada e você, com sua torcida me colocou pra cima. Sempre muito bom contar com amigos queridos.

Obrigada de coração!

Beijos!

Lindinha disse...

Amiga,
Não poderia deixar de registrar a minha felicidade com essa notícia!
Sei bem o q vc sentiu. Nada como sentir na pele pra saber o q é. Mas como o Amado Mestre: Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. E assim vamos vencendo cada obstáculo, tirando cada pedrinha do caminho pra construir um castelo! Parabéns por essa garra. Que Deus continue iluminando cada dia mais o seu caminho, enviando os amigos espirituais para estarem te fortalecendo nos momentos mais difíceis.
Você não tem noção da minha alegria.
Bjo enorrrrmeeeee. Te Adoro muito!

Vivi disse...

Uma grande felicidades invade o meu coração. Felicidade de ler esta ótima notícia, felicidade de te conhecer.
O choro contínuo é de felicidade!!
Alegria, alegria, alegria!!! Notícia sensacional.
Adoro vc Flá!
Fique com Deus.
Um bj no seu coração

Vivi

Ƹ̴Ӂ̴Ʒ Vé .... Artes Mil Ƹ̴Ӂ̴Ʒ disse...

Querida.....vc é um PRESENTE DE DEUS!! Fiquei emocionada e mto, mto feliz...com a sua vitória. Sua mãe me convidou para ler o blog e eu não imaginava o qto eu aprenderia com ele e com VC!! Hoje (eu, uma total estranha para vc) tenho a honra de festejar, o começo de um ciclo de mtas alegrias...e isso faz com que me sinta uma velha conhecida sua. Que Deus continue te iluminando e abençoando a sua tão bem vinda VIDA!!
Beijokassss enormessss

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Flávia,

Estou arrepiada...!! Feliz por sua vitória.

Saiba que com certeza você se tornou melhor do que antes. A sua alma está mais bonita, porque você superou fortes emoções, que agora, vai permitir que viva mais feliz, leve...

Que delícia...!!

Beijos grandes e um abraço bem gostoso...

Foi bom demais saber dessa guerreira que não lutou em vão...

Fique com Deus...

Ana Lúcia.

Flávia disse...

Ro, fico feliz que tenha vindo aqui nesse cantinho pra comemorar essa alegria comigo. Que honra!
Quem passou sabe do que estou falando, né? E vc sabe muito bem, pois viveu a mesma experiência e o mesmo aprendizado.
Sua alegria se mistura com a minha que está impossível de esconder, mas quem disse que quero esconder?? rsrs
Obrigada amiga, pelo carinho de sempre, pelas preces e pelas boas vibrações.
Também te adoro. Fique com Deus.
Beijos

Flávia disse...

Vivi, que bom que passou por aqui pra festejar essa alegria comigo.
Poxa menina, é bom demais dividir as coisas boas com que a gente gosta, né? Sua chorona!
Me fez chorar tb!! rsrs
Adoro você também, menina querida!
Um beijo no seu coração

Flávia disse...

Vé querida, que surpresa boa chegar aqui e ler suas palavras tão carinhosas. Nossa, me emocionei pra caramba!!
Que bom que veio aqui, que bom que veio fazer parte dessa festa que promovi. Estou em estado de graça!
Sendo amiga da minha mãe, com certeza é minha amiga também.
Fiquei feliz e muito surpresa com seu comentário tão lindo e emocionante.
Obrigada, do fundo do meu coração, pelo carinho.
Um grande beijo e que Deus abençoe a todos nós!!

Flávia disse...

Oi Ana Lúcia, minha querida!

Sem dúvida nenhuma que hoje eu sou infinitamente melhor do que antes, muito mais madura, muito mais consciente das minhas escolhas e infinitamente mais feliz!

A oportunidade que tive de aprender, me fez uma pessoa muito mais corajosa pra lutar e pra levar um pouco de amor à quem sofre. A minha maior vitória não foi vencer o câncer, mas fazer disso algo que pudesse levar esperança pra quem passa por ele.

Minha luta não foi em vão, com certeza, mas essa foi fácil superar. A luta maior está começando agora, com o objetivo de ajudar pessoas que passam por isso e não têm um auxílio. Essa é a meta da minha vida agora.

Adorei que passou aqui pra registrar seu carinho.
Espero o dia em que poderei trocar com você esse abraço bem gostoso.

Que Deus nos abençoe a todos.
Obrigada pelo carinho de sempre.

Um grande beijo pra você!

Victor disse...

Fiquei muito feliz com a notícia de sua alta q recebi por vc no email. Vc venceu um grande desafio, e receber a alta é uma coisa maravilhosa, quando eu recebi a minha alta pareceu q tirou um peso enorme das minhas costas, eu sei como é bom essa notícia, que Deus te ilumine e te proteja, agora é curtir a vida e continuar com esse trabalho maravilhoso q vc tem como o site, a comunidade, q servem de muita ajuda e conforto pra quem ainda infelizmente está na luta, mas é isso ai, estamos na torcida por todos eles.
Um beijo, e se precisar de ajuda, estou a disposição.

Victor Fagundes Diniz

Helen Lima disse...

Flavia, me sinto tão pequena perto de sua grandeza! Quando a conheci, soube que tivera um câncer, e você é tão linda que não parei pra pensar que seus cabelos cairam, que ficou magrinha, que sofreu tanto... Eu já a conheci OTIMISTA, feliz e com um belo sorriso. Amiga querida... senti sua angústia pelo twitter entre mensagens trocadas entre nós. Você não imagina como te invejo, como invejo sua alegria, seu otimismo. Sua luta é um exemplo de que se pode vencer esse monstro que nos assusta. Parabéns. Que Deus te abençoe sempre, que os anjos de luz de ilumine com grande intensidade. Obrigada por fazer parte de nossas vidas. Te amo. Beijo no coração.

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Flávia,

Adorei você ter ido me fazer uma visita... Gosto muito de você, desse seu alto astral, dessa sua missão corajosa e perseverante de levar força para os que estão precisando, ao invés de você aproveitar para curtir a sua vida de maneira mais "light" (se bem que, depois do que você passou, tudo deve ser muito mais tranquilo..., leve...). Enfim, eu lhe acho muito simpática, agradável, alegre, atraente e, ao mesmo tempo, doce e meiga. Contagia na medida certa. Que você permaneça sempre assim, com essa energia boa.

Apareça mais vezes em meu canto para tomarmos um café e "papiarmos" mais vezes...

Beijos grandes,

Flávia disse...

Victor, você é um querido, viu?
Foi bom demais fazer parte do seu trabalho, que ficou muito lindo. Estou muito orgulhosa de ter colaborado.
De fato, você disse algo que não havia me dado conta: tiramos um peso das costas. É isso mesmo!
Com certeza, mais do que nunca, agora é curtir tudo o que a vida tem pra oferecer e ser muito feliz!
Quanto aos trabalhos, estou apenas começando e quero ainda, trabalhar muito pra ajudar quem está começando a batalha. Melhor que o nosso exemplo, impossível né querido?
Obrigada pela força e pode deixar que, quando eu precisar, irei sim, recorrer à você!
Um beijo grande!

Flávia disse...

Helen, sua danada!! Me fez chorar com esse comentário!!
Ah amiga, a vida nos dá sempre duas escolhas: se entregar ou lutar. Escolhi a segunda opção. Não era garantia de vitória, mas minha teimosia não me permitiria deixar de tentar, né? E o OTIMISMO foi o diferencial durante todo o tratamento.
Sou feliz pela oportunidade que Deus me deu de enfrentar isso tudo, de vencer e de poder levar essa força a quem precisa.
E sou eu que agradeço por vocês me deixarem fazer parte da vida de vocês, minha segunda família!
Amo tanto vocês, mas tanto, que nem consigo dimensionar isso.
Obrigada por ME deixar fazer parte da sua vida. Amo você também!
Vê se vem logo pra São Paulo pra eu poder te ver de novo, tá?
Um beijo no coração e que Deus te abençoe e ilumine muito!

Flávia disse...

Oi Ana Lúcia,

que bom que gostou! Tenho passado muitas vezes por lá, mas acabo não deixando comentários. Um erro que já será corrigido!
As músicas do seu Café são deliciosas de ouvir e sonhar. Bom demais!
Ah, muito obrigada pelos elogios.

Bem, a vida me trouxe uma doença e me fez refletir sobre a importância de estarmos aqui, não simplesmente vivendo, mas tendo algum objetivo. Escolhi esse que faz com que eu me sinta mais viva, mais forte e lutando pelo bem do meu próximo. Puxa, você não tem noção do quanto isso me faz bem, me engrandece a alma!
Pra mim, isso é curtir a vida. Todo o resto, são apenas momentos.

Também gosto muito de você. Transmite serenidade e maturidade. Gosto de verdade e espero um dia, poder encontrá-la pessoalmente!

Um beijo e obrigada, mais uma vez, pelo carinho de sempre.

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Flávia,

É..., pelo visto a madrugada está curta para nós, hoje...rsrss Mas já estou para desligar o computador, pois os meus movimentos já estão pesados e os meus olhos fechando...rsrss São praticamente 02h...

Flávia, São Paulo é um pulo. Vamos marcar e eu irei até aí. Já morei em SP e adoro esta capital. Ou ainda, se quiser, venha até aqui. Tanto faz...

Confesso que estou mais serena ultimamente, controlo bem mais as minhas emoções. Sem bem que, pelo que pode perceber, este último post retrata um momento meu de "ausência", como se eu não estivesse sentindo nadinha de nada, nenhum sentimento. É estranho mesmo, mas creio que seja um estresse... Por sinal, agradeço a sua atenção.

Beijos e é só marcar a data..., que o abraço será dado pessoalmente,
Ana Lúcia.

A Magia da Noite disse...

a vida é um mar cheio de ondas, às vezes enrola-nos e tenta afogar-nos, outras eleva-nos e faz-nos voar na sua crista. Essa luta é resultado do esforço que fazemos todos os dias para nadar à tona, felizmente conseguimos, parabéns, é uma excelente nadadora.

Ana Lúcia Porto disse...

Beijos e bom feriado...

Flávia disse...

Magia da Noite, que belas palavras!

Realmente a vida nos traz alguns desafios a serem vencidos. Muitas vezes os obstáculos são difíceis e pesados pra vencer, mas com muita teimosia e fé, a gente consegue. Foi o que aconteceu comigo.
Que bom que eu "teimei"... não fosse isso, não estaria comemorando essa vitória.
Obrigada por fazer parte da minha comemoração.

Crica Ribeiro disse...

Cara, tô sem palavras, só consigo chorar e chorar e chorar...
O que quero dizer é que te admiro demais e sei o quanto vc merece viver toda essa felicidade.
Putz...
Sério mesmo, não tenho como dizer sobre o que tô sentindo agora...
Só que, vc é uma lição...
Amo vc tá, minha amiga querida!
Que Deus continue iluminando cada dia da tua nova vida!
E PARABÉNS pela guerra vencida!

Beijos

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Flávia,

Gostei muito de ter-lhe visto lá em meu canto...

Pois é, a minha mãe não é desse mundo, pode acreditar... Ela parece uma criança inocente..., toda perdida nesse mundo moderno... Mas é toda só ternura!!

Beijos e um bom final de semana,

Flávia disse...

Chris, obrigada amiga!

Sabe, essa emoção toda vem do fato de vc ter acompanhado tudo, desde o início, né?
Me viu sem os cabelos, acompanhou o tratamento, o fim dele, as novas fases e hoje, pode estar aqui comemorando essa vitória mais que suada.
Que bom que vc chorou... essa emoção é sempre bem-vinda.

Um beijo amiga... tb amo vc!

Flávia disse...

Ana Lucia, não tem coisa mais gostosa do que conviver com pessoas idosas, sábias pelo passar do tempo, mas doces, meigas e ternas, né?

Ela é linda, acredite! Um encanto de mulher.

Que Deus a abençoe grandemente.

Beijos!

Alê Quites disse...

Saúde, sempre!
É companheira, a minha história não foi tão diferente, no meu caso foi há 6 anos atrás, também em abril = no dia 20/04/2004.
Tantas coisas mudaram para mim e em mim - hoje, sou muito mais feliz.
Beijos

Helen Lima disse...

Flazinha Otimista,
Cá estou eu novamente em seu blog. Hoje, uma grande amiga precisa conhecer a sua garra, a sua luta e a sua vitória. Indiquei Um lugar de Mato Verde para que ela saiba que tudo dará certo. Beijos minha amiga querida, que embora não tenhamos tantos contatos diários, foi de você que me lembrei nesta hora de dar forca a alguém. Obrigada por tanta coragem e fé. Beijos

Flávia disse...

Helen querida, fiquei muito feliz com sua visita à esse cantinho de novo e mais ainda pelo fato de indicá-lo à quem está realmente precisando neste momento.
Já faz um ano que escrevi esse texto e compartilhei essa felicidade com vocês... parece que foi ontem! O bom é que ainda estou saboreando esse gostinho de vitória!
Não sei quem é a pessoa que vc indicou pra passar aqui e nem qual é o problema, mas conte com minha ajuda, meu apoio e com o que mais precisar.
Passe a ela o endereço do site - www.vidasemcancer.com.br e meu email - flavia@vidasemcancer.com.br e peça pra que me escreva. Estou à disposição!!!
Um beijo e muito obrigada por lembrar desse cantinho e de mim pra auxiliar quem precisa!